Projeto eletrônico: como avaliar a sua viabilidade

Você sabe como avaliar a viabilidade de um projeto eletrônico? Para que a CM, sigla de contract manufacturer, consiga prever a viabilidade de um projeto de eletrônico, é preciso providenciar o acesso dos engenheiros às informações.

E elas envolvem desde o tipo de componentes até qual será a tecnologia necessária.

Com essas informações em mãos, a CM considera as particularidades do planejamento e a expectativa do produto final.

Contudo, esse planejamento tem fases em todo o processo de produção. Além disso, é necessário identificar determinadas características que farão a diferença nas escolhas realizadas para a montagem do projeto.

Veja abaixo alguns tópicos que orientam como definir a viabilidade de um projeto eletrônico. Aproveite a leitura!

Projeto eletrônico: como avaliar a sua viabilidade

Projeto eletrônico: como avaliar a sua viabilidade. Imagem: Getty Images

Tecnologia utilizada

Existem diversas tecnologias para essa avaliação, incluindo SMD, PTH, Press Fit, entre outras. Mas qual delas é recomendada pela CM?

Embora a tecnologia SMD seja a mais utilizada, existem casos de componentes de potência que requerem o uso da PTH. Todavia, outros conectores são submetidos a uma intensidade específica de força, o mais indicado é optar pela Press Fit.

Componentes disponíveis

A escolha dos componentes é um fator crítico no sucesso do projeto eletrônico. Porque as consequências de uma decisão errada vão desde o aumento do lead time (tempo de entrega) até a impossibilidade da compra, ou seja, a inviabilidade do projeto.

Por isso, é necessário atentar, por exemplo, para a obsolência dos componentes, que os torna mais difíceis de serem adquiridos.

Layout funcional

O desenvolvimento do layout da PCI precisa seguir determinados padrões. Caso contrário, poderão ocorrer erros como a instabilidade na inserção dos componentes, a aglomeração de componentes, o posicionamento perto das bordas e o estreitamento das vias.

Outro ponto muito importante é seguir  os cuidados específicos evitando danos e custos adicionais com substituições.

Realizar o DFM

Um passo importante antes de entrar em fabricação é passar o projeto a uma ferramenta DFM é essencial para verificar possíveis erros e garantir o conserto sem a necessidade de retrabalho em grande escala.

Prototipagem

Assima análise DFM, optar pela prototipagem pode poupar uma série de recursos posteriores. O desenvolvimento de um protótipo tem a função de garantir o funcionamento correto, de acordo com o especificado, sem precisar realizar o investimento de um lote total.

Informações com a montadora/fornecedores

Uma comunicação constante e sem ruídos entre os envolvidos na supply chain (cadeia de suprimentos) é essencial para solucionar dúvidas eventuais e ter acesso a todas as informações relacionadas a prazos, problemas na qualidade, níveis de estoque, etc.

Gostou de saber como avaliar a viabilidade de um projeto eletrônico? Aproveite para conhecer outros conteúdos do nosso blog.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.