Como otimizar a escolha dos componentes eletrônicos

A escolha de componentes eletrônicos é um processo que pode ser complicado para algumas pessoas. Porque ele exige um certo grau de conhecimento, por causa das diversas informações.

Mas essa escolha pode ser otimizada com algumas dicas simples, e que ajudarão muito na hora de adquirir componentes eletrônicos.

Além de facilitar a escolha dos componentes, essas dicas também têm o objetivo de ajudar na montagem das placas eletrônicas, no tempo da produção final.

Portanto, confira abaixo algumas valiosas dicas para otimizar a escolha dos componentes eletrônicos e garantir a melhor montagem final para as placas. Então, aproveite a leitura!

Imagem: Pixabay

Fique atento para o lead time do fornecedor/distribuidor

O primeiro passo antes de encomendar os componentes, é ter em mente o tempo de entrega. Porque, se o componente demorar seis meses para chegar, por exemplo, todo o projeto fica prejudicado.

Dessa forma, ficar atento a isso ajuda na otimização da escolha dos componentes. E outra dica valiosa é comprar componentes mais comerciais e que sejam encontrados facilmente. Porque assim não haverá grande perda de tempo de espera para a entrega.

Dê prioridade ao componente apto para montagem automática

Se você tem uma máquina de pick and place e ela necessita trabalhar, os componentes devem ter uma superfície lisa.

Porque isso possibilita com que a máquina forme o vácuo necessário e atravesse o componente no bocal.

Por isso, é importante ficar atento se o componente possui essa superfície ou tenha uma espécie de adesivo, que cria a superfície adequada artificialmente.

Use encapsulamentos tradicionais

Pelo fato de as SMDs serem feitas em tamanhos padrão, é recomendado que sua empresa use nas dimensões tradicionais.

Se a PCI foi feita com o layout que tenha sido pensado para componentes com um encapsulamento específico, que se seja fora do padrão (caso o componente com este encapsulamento não seja encontrado), o layout deverá ser refeito.

Isso quer dizer que é preferível escolher encapsulamentos mais comerciais para evitar este tipo de retrabalho.

Outro ponto a ser considerado é que se o desenho da placa for feito em relação a esse tamanho específico, o técnico não consegue colocar nenhum outro componente no local além do previsto na primeira vez. Porque o tamanho é muito diferente.

Em outras palavras, isso quer dizer que se for preciso modificar algum componente de posição, a placa terá de ser totalmente redesenhada também.

Tenha componentes com procedimentos de montagem documentados

Cada componente apresenta uma montagem específica, que precisa ser ser documentada pelo fabricante.

Em casos em que alguma modificação não convencional é necessária, o ideal é que se faça um documento que mostre o modo de inserção. Porque se este não for feito, o profissional responsável pela montagem da PCI pode danificar o componente, ou mesmo não utilizá-lo.

O que é péssimo para quem deseja otimizar a escolha de componentes eletrônicos e facilitar a produção de placas.

Com essas dicas, esperamos ter ajudado você a fazer as escolhas ideiais para a otimização de sua produtividade.

E buscar parcerias para o seu negócio com a Golden Plac te ajuda nesse processo. Somos uma empresa que tem sólida experiência e dispõe dos melhores equipamentos para a montagem de placas eletrônicas.

 

Conheça mais sobre os nossos serviços entrando em contato com o nosso atendimento. E para você ter acesso a mais conteúdos sobre a produção de placas eletrônicas, não deixe de acompanhar o nosso blog!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *